terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Tony recupera o seu AMOR!

Era uma vez um miúdo muito triste e desanimado com a vida! Perdera a sua grande paixão e já nada lhe interessava! Estava na escola, mas o seu espírito não estava lá!Até o seu lápis e a sua borracha se aperceberam disso!
-Já não consigo ler os seus pensamentos e pô-los no papel!-lamentou-se o lápis. Mas o que tem ele?
-Já não gosta de nós, é o que é!-afirmou a borracha!
-Isso é um grande disparate! Ele adora-nos! Deve estar chateado com alguma coisa...
-Vamos animá-lo. Podíamos comprar alguma coisa de que ele goste.
-Sim, és capaz de ter razão...Talvez resulte.
-Lembras-te daquela rapariga, de quem ele gosta?
-Claro que sim! É tão linda! Só não percebo por que razão acabaram tudo! Faziam um par tão lindo...
-Tenho uma ideia...em vez de ir às compras...vamos convencer a rapariga a voltar a namorar com o Tony.
-De repente, ficaste louca? Nós somos objectos! Nem sequer sabem que falamos! Os humanos não podem saber disso!
-Então...talvez pudéssemos escrever cartas de amor. Ela iria pensar que foi ele e...em menos de nada...voltamos a ter namoro!
-Amor?! Mas o que é o Amor?!
-Deixa lá...depois explico-te, mais tarde...Vamos mas é escrever as tais cartas e fazê-las chegar ao seu destino.
Assim fizeram e o plano resultou...
-Olha lá, não ficam lindos juntos?-exclamou o lápis.
A borracha até ficou emocionada e abraçou o lápis...assim surgiu um novo amor.
Isabel, 6ºJ

3 comentários:

  1. -che nengue o texto está muito fixe!

    ResponderEliminar
  2. Adorei o teu texto...
    Um grande beijo da turma J.

    ResponderEliminar
  3. Isabel:
    adorei esse texto.
    Parabéns!

    ResponderEliminar


pYzam Page Pets
FreeFlashToys Page Pets